Portal da Cidade Santa Rita do Sapucaí

Covid-19

Interdição de clínica eleva para 136 o número de pessoas monitoradas em Sta Rita

Testado positivo para coronavírus, dentista desobedeceu quarentena e continuou atendendo em Pouso Alegre e Santa Rita do Sapucaí

Postado em 18/04/2020 às 12:59 |

Gerente de Epidemiologia, Veridiana Lage, acompanhada dos fiscais da Vigilância Sanitária, interdita acesso à clínica (Foto: Ascom PMSRS)

Ação conjunta das Vigilâncias Epidemiológica e Sanitária de Santa Rita do Sapucaí, acompanhada por representante fiscal do Conselho Regional de Odontologia, interditou na manhã deste sábado (18) uma clínica odontológica em que dentista testado positivo para Covid-19 desobedeceu quarentena e continuou atendimento à clientes. Com essa interdição o número, que antes era de onze pessoas monitoradas em Santa Rita do Sapucaí, sobe para 136. 


Essa é a segunda clínica envolvendo um casal de dentistas a ser interditada no Sul de Minas. A primeira clínica foi interdita nesta sexta-feira (17), em Pouso Alegre, após denúncias de que os dentistas, cujos nomes não foram divulgados, mantinham atendimento, mesmo com a recomendação de isolamento por suspeita de coronavírus. Suspeita essa confirmada positivo para contaminação por Covid-19 em resultado de exames divulgado também nesta sexta-feira, conforme afirmou Maria Elizabete Rezende, secretária interina de Saúde de Santa Rita do Sapucaí durante boletim divulgado em programa de rádio na manhã deste sábado. Os primeiros sintomas teriam se manifestado na dentista no dia 11 de abril e o marido, também dentista, não teria apresentado sintomas da doença. “Ele também deveria ficar em isolamento porque é um possível infectado com o coronavírus”, destacou Maria Elizabete.


A clínica em Santa Rita do Sapucaí foi aberta por uma funcionária que forneceu todas as fichas de pessoas que foram atendidas no local nos últimos dias. A lista já está com a Secretaria Municipal de Saúde. São 125 pessoas atendidas pelos dentistas que serão monitoradas. “Todos os atendimentos realizados nesse período pelos dentistas foram através de agendamentos, ou seja, consultas que poderiam ser adiadas, canceladas, já que não era um tratamento urgente”, diz a secretária de Saúde de SRS.

A Vigilância Epidemiológica Municipal entrará em contato com todas as pessoas que foram atendidas para realizar os procedimentos recomendados pelos órgãos superiores de saúde e epidemiologia.


Tanto em Pouso Alegre como em Santa Rita foi registrado um boletim de ocorrência junto a Polícia Militar contra os dentistas e o Conselho Regional de Odontologia acompanhou as interdições. Não foram informadas quais medidas serão tomadas pelo CRO contra o casal de dentistas.

Prefeitura de Pouso Alegre emite nota técnica

A Prefeitura Municipal de Pouso Alegre informa que, a interdição da Clínica Odontológica foi feita após denúncia à Vigilância Epidemiológica / Sanitária, de que um profissional dentista do estabelecimento com suspeita do novo coronavírus estava realizando atendimentos eletivos, em descumprimento a Nota Técnica COES MINAS COVID-19 Nº 11/2020 – 24/03/2020, que orienta em relação ao Atendimento Odontológico no Cenário de Enfrentamento da Doença do Coronavírus (COVID-19).

A Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Saúde tem o compromisso com a população de evitar a disseminação da doença pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2), promovendo a prevenção e aumentando a capacidade de resposta do Município no enfrentamento do novo Coronavírus, visando reduzir a incidência e a interrupção da transmissão local.

Fotos: Ascom PMSRS

Clique aqui e assista vídeo gravado de entrevista veiculada pelas rádios Nova Difusora FM e D2Fm sobre a medidas a serem tomadas após a interdição da clínica odontológica

Fonte:

Deixe seu comentário