Portal da Cidade Santa Rita do Sapucaí

Arte e Saberes

Vem aí, Vale Criativo – 1ª Feira de Economia Criativa de Santa Rita do Sapucaí

A economia criativa será a protagonista do evento

Postado em 08/10/2019 às 13:03 |

A economia criativa tem como ativo, os atributos intangíveis, que não são palpáveis e se multiplicam com o uso, pois eles se propagam (Foto: Divulgação/Vale Criativo)


Por Mariana Sayad - Jornalista

A economia criativa é uma das plataformas mais fortes para o fortalecimento do empreendedorismo, pois trabalha com os diferenciais das empresas, empreendedores e startups. As empresas têm o desafio de se destacarem no mercado, pois com a comunicação cada vez mais rápida, com a internet diluindo as barreiras entre cidades e países, os produtos e serviços precisam ser criativos para se manterem no mercado. 

Dia 19 de outubro, acontece o Vale Criativo – 1º Feira de Economia Criativa de Santa Rita do Sapucaí. A feira faz parte do projeto Rede de Economia Criativa, realizado pelo SEBRAE e Prefeitura Municipal de Santa Rita do Sapucaí, que reúne mais de 20 empresas de economia criativa da cidade, com o objetivo de fomentar negócios calcados na criatividade.  

O Vale Criativo terá uma parte gastronômica só com produtos da cidade, como cafés, cervejas artesanais, salgados, doces e muito mais. Durante o evento também terá música, artesanato e rodas de conversa sobre o assunto para que as pessoas saibam mais sobre como usar seus conhecimentos, criatividade, arte e saberes para gerar negócios. Ao todo são 22 empresas da cidade mostrando seus serviços e produtos da rede de economia criativa, sendo elas: A Casa do Fazer, Arteiras do Vale, Avoa, Ayres Cioffi, Café Condado, Cafeteria Caruso, Cerveja Pós-doc, Dágora, Espaço das Artes, Goose Produções, Grandpa Joel's Coffee, Hack Town, Heyou Brasil, Observatório Luneta, Opte Comunicação, Palha Viva Artesanatos , Pazar Café, Portal da Cidade SRS, Real Palace Hotel, Sabores do Vale, Sapucaí Criativos e SIS Coworking. 

O que é economia criativa 

A economia criativa é uma derivação das indústrias criativas, conceito que surgiu na Austrália, em 1994, pelo então primeiro-ministro Paulo Keating. Porém, a ideia ganhou força na Inglaterra a partir de 1997, quando o tema foi colocado em destaque em todo o programa de governo, pois se percebeu que com todas as transformações do mundo, principalmente, com a globalização, a economia local deveria se fortalecer e, para isso, o crescimento não poderia ser mais baseado no preço, mas sim no valor agregado. 

A economia criativa tem como ativo, os atributos intangíveis, que não são palpáveis e se multiplicam com o uso, pois eles se propagam. Por exemplo, as histórias, a criatividade, o conhecimento, a imaginação, a produção intelectual, os saberes, a cultura, a arte.  

Serviço 

Vale Criativo – 1º Feira de Economia Criativa de Santa Rita do Sapucaí 

Data: 19/10

Horário: das 12 às 19h

Local: Praça Santa Rita – Santa Rita do Sapucaí

Preço: Gratuito – com venda de produtos


Fonte:

Deixe seu comentário

Mais Lidas