Portal da Cidade Santa Rita do Sapucaí

Bate-papo

Sonho realizado: diretor do Bloco do Urso abre coração e conta sobre os 20 anos

Juninho abriu espaço em sua concorrida agenda e contou detalhes de como o Bloco do Urso se tornou um dos maiores eventos de entretenimento em Minas Gerais

Postado em 01/03/2019 às 10:48 |

Ricardo de Martha Jr., Juninho como é mais conhecido, é sócio-diretor comercial do Bloco do Urso (Foto: Portal da Cidade Santa Rita do Sapucaí)

Ricardo de Martha Júnior, administrador de empresas, com especialização em marketing, sócio-diretor comercial do Bloco do Urso, recebeu a equipe de reportagem do Portal da Cidade Santa Rita do Sapucaí para entrevista e contou tudo sobre o sonho realizado nesses 20 anos de criação do Bloco fundado por um grupo de amigos no Carnaval de 1998.


PC - Juninho, o Bloco do Urso, criado em 1998 e que deixou de brincar o carnaval apenas um ano, está completando 20 anos e veio nesse tempo todo se reinventando para garantir seu público fiel e sua ascensão como um dos maiores eventos de entretenimento de Minas Gerais. Como isso foi possível?

Juninho – O grande segredo do Bloco hoje, para se reinventar: uma é estar alinhado com todos os grandes eventos do Brasil e hoje o Bloco está alinhado com todos do Brasil, então nós temos novidades e acompanhamos as novidades de todos eventos, primeiro lugar. E segundo lugar, nosso parceiros são comissários, repúblicas, excursões nós estamos sempre renovando esse pessoal, então conseguem trazer esse pessoal para o Bloco do Urso. Esse é o grande segredo!

PC – Hoje vocês têm uma estratégia dessas focada em quantas regiões do Brasil?

Juninho – Hoje nós temos, vamos pegar aí entre excursão e repúblicas, comissários, uns 100 lugares diferentes. Um trabalho muito focado com esse pessoal.

PC – E essa iniciativa você também alimenta esses parceiros com eventos?

Juninho – Perfeito, nós alimentamos eles com ensaios do Bloco do Urso nas cidades deles, alimentamos com material de propaganda, visita do nosso mascote, brindes da nossa griffe e trio elétrico. Tudo isso vai fomentando a marca Bloco do Urso, numa estratégia que dá certo, com certeza!

PC – E o lançamento do Urso Pay, o que é isso?

Juninho – É uma novidade, um aplicativo que chamamos de Urso Pay, em que nossos foliões vão poder fazer compras nos comércios parceiros de Santa Rita sem a necessidade de apresentar o dinheiro. Como no formato pré-pago eles poderão carregar a pulseira com qualquer quantia e fazer suas compras sem preocupação.

PC – O Bloco do Urso investiu esse ano na contratação de um especialista em grandes eventos, conta mais sobre isso.

Juninho – Esse também é um ponto de destaque esse ano. Ele (Camilo D’Ornellas) é especialista em grandes eventos, como o Rock in Rio, Barretos, tem experiência no Maracanã em shows e partidas de futebol. Uma contratação que vai melhorar e muito a segurança de nossos foliões nos dias do evento.

PC – Nesses 20 anos vocês não administraram nenhum tipo de problema, então por que vocês resolveram trazer um especialista nesse momento?

Juninho – Primeiro por conta de um público que está muito grande. Segundo por fazer parte do aprimoramento, do aperfeiçoamento do Bloco. Acho que esse é o grande segredo!

PC – E lá para a Cidade do Urso, o que a gente espera de novidade?

Juninho – Lá teremos muita novidade!! A área foi ampliada, o camarote foi ampliado em 1.500 metros quadrados, a área Vip foi ampliada em mais 2.500 metros quadrados para receber um palco festival que vai estar lindo esse ano, vai ter uma praça de alimentação toda renovada, os shows todos com tecnologia de ponta, vamos ter um espetáculo de fogos todos os dias no evento, fora os shows. Bebidas estão todas melhoradas. Uma série de surpresas para os nossos foliões!

PC – Qual a expectativa do número de pessoas que passarão pelo Bloco do Urso esse ano?

Juninho – A expectativa é de 25 mil pessoas por dia.

PC – Você mencionou fogos de artifício, serão fogos sem barulho?

Juninho – Sim, sem barulho! É bom deixar isso ressaltado que são fogos computadorizados, mais efeitos de luzes. Então não deverão gerar incomodo algum!


PC – Vocês abriram a troca de abadás e a Loja Urso Mania, alguma estratégia especial nessa ação?

Juninho – Sim! Na quinta-feira (21) abrimos para os parceiros e agora está aberta para todos os nossos foliões até sábado, às sete horas da noite. Muita gente já retirou seu abadá para customizar, para se organizar e se preparar para os quatro dias!

PC – Na página oficial do Bloco consta que venda de ingressos agora somente nos pontos físicos?

Juninho – Sim, por medida de segurança, uma semana antes retiramos a venda online para evitar clonagem e falsificação e agora é só entrar no site oficial www.blocodourso.com.br que tem relação de nossos pontos físicos que estão vendendo ingressos individuais e pacotes.

PC – Você tocou num ponto muito importante que é a questão de clonagem, o Bloco tem um sistema de ingresso bastante inovador, que é a pulseira. Conta mais sobre isso.

Juninho – Temos há três anos uma parceria com uma empresa daqui de Santa Rita, que é a SmartBrace/Nowigo, para poder tentar combater essas questões que o ingresso de papel não resolvia. Então, essa pulseira a gente consegue rastrear o cartão, a pessoa, a foto, o CPF, ou seja, nos permite fazer uma série de rastreamentos que é para poder garantir segurança tanto para quem compra o ingresso verdadeiro, bem como bloquear pessoas que tentam fazer qualquer tipo de manobra para entrar no evento. Assim fica todo mundo seguro com isso!

PC – Uma reportagem na TV chamou a atenção para roubo de celulares dentro de grandes eventos. Pelo que consta o Bloco do Urso instalou uma central de monitoramento com cerca de 50 câmeras espalhadas pela Cidade do Urso com o objetivo, também, de prevenir esse tipo de ocorrência.

Juninho – Sim! Nossa orientação aos foliões no momento da troca de abadás é que evitem levar o celular, mas sabemos que é difícil. Então orientamos que evitem deixar os aparelhos a mostra nos bolsos de trás das calças, em bolsos sem zíper. Tem que ter muito cuidado com telefone celular. Nós estamos falando de 25 mil pessoas e infelizmente escapam algumas que estão lá para fazer malandragem. Todo cuidado é pouco!

PC – Quais os cuidados do Bloco para com relação os possíveis exageros de foliões presentes numa festa open bar?

Juninho – Nós temos lá dentro da Cidade do Urso um Ambulatório que dá todo o pronto atendimento se acontecer alguma coisa. Agora a orientação é aquela que tem que vir de casa, dos pais para os filhos, que é tomar cuidado. Pois, numa festa open bar não adianta você querer beber tudo num dia só, pois além de você não aproveitar esse dia você vai perder os outros. Então é a moderação, né. E não se esquecer de tomar água também.


PC – Com relação as atrações, nesses 20 anos vocês tiveram a Ivete Sangalo, literalmente com vocês no lançamento, em formato de papelão e agora ela vai estar aqui de verdade. Como é que é para o Juninho que estava lá em 1999 carregando a Ivete de papelão?

Juninho – É a realização de um sonho! Foi o ápice de o Bloco realizar esse sonho, que começou com a Ivete de papelão e hoje está trazendo ela pessoalmente. Ela ainda não sabe dessa história e contaremos na terça quando ela chegar para o show. Vai ser emocionante quando a recebermos aqui e pudermos mostrar para ela como tudo começou.

PC – Com relação às atrações artísticas, como vocês montaram a programação deste ano?

Juninho – A grade esse ano foi baseada em tudo que há de melhor. Você pega hoje o sertanejo e nós estamos trazendo os dois melhores Gustavo Lima e Jorge e Mateus, no eletrônico os dois melhores djs do Brasil que são Vintage e o Alok, no funk os dois melhores que são Kevinho e Livinho e o Axé com a Ivete Sangalo. A grade foi equilibrada nos gêneros e tudo de melhor no seu gênero na atualidade.


PC – Essa grade também é resultado de pesquisas feitas pelo Bloco com seus seguidores?

Juninho – Sim! Quando termina o carnaval a gente já lança a pesquisa com o nossos foliões querem ver no Bloco, além de monitoramento de quem está bem no Spotify, quem está gravando mais músicas, quem está sendo mais tocado nas rádios. Então a gente faz uma série de pesquisas para escolher estes artistas.

PC – Com relação à economia. Qual o impacto do Bloco do Urso para a região?

Juninho – O impacto hoje entre hoteis, aluguel de casas, restaurantes, supermercados costureira, postos de gasolina, além disso o que o Bloco paga de salários para todos que estão trabalhando, que movimentam a cadeia geral do comércio um cálculo que eu faço é em torno do que se é empregado nos quatro dias em Santa Rita mais de 25 milhões de reais, Santa Rita e região. Nesse entorno todo que dá o suporte para o Bloco.

PC – Nesses 20 anos o Bloco vem desenvolvendo ações sociais?

Juninho – O grande destaque nosso em ação social é para o Asilo, onde toda a praça de alimentação dentro da Cidade do Urso doada para o Asilo e esse ano, mais uma vez, será um valor considerável e que ajuda a manter essa importante instituição. Oferecemos toda infraestrutura e esse ano será uma praça de alimentação muito maior que se Deus quiser dará um resultado muito bom para o Asilo.

PC – Uma mensagem aos foliões do Bloco do Urso?

Juninho – Deixo como mensagem a todos uma frase que estou usando nos 20 anos do Bloco que “quem participar do Bloco do Urso vai ter um Carnaval mágico e inesquecível, tenha certeza disso, pode preparar que vai se arrepiar todos os dias”.

Fonte:

Receba as notícias de Santa Rita do Sapucaí no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Mais Lidas