Portal da Cidade Santa Rita do Sapucaí

Inspiração

Garoto de Santa Rita sonha ser jornalista e colabora com veículos de comunicação

Com apenas 12 anos, Arthur já teve seu material publicado por jornais de grande circulação em Minas e também por emissoras de TV

Postado em 14/01/2020 às 22:17 |

Arthur e seu pai Marcos (Foto: Portal da Cidade SRS)

Que o Portal da Cidade SRS e, com certeza, todos os demais veículos de comunicação recebam sugestões de reportagens de seus leitores não é novidade. Contudo, chamou atenção a maneira bem elaborada com que um determinado leitor encaminha suas contribuições.  

Ao consultar o perfil desse leitor na rede social que utiliza para contato com o Portal da Cidade SRS, um detalhe mereceu ser checado. A foto de identificação era de um garoto. Até então nada de extraordinário, pois comumente pais utilizam de fotos de seus filhos em seus perfis nas redes sociais.

Descobriu-se que aquelas bem elaboradas sugestões são encaminhadas por um garoto de Santa Rita do Sapucaí, que com apenas 12 anos de idade já tem sua profissão definida. Arthur Moreira sonha ser jornalista e suas colaborações já foram publicadas por jornais de grande circulação em Minas Gerais e também por emissoras de TV.


Estudante, caminhando para o 7º ano do ensino fundamental no Instituto Presbiteriano de Educação, Arthur recebeu em sua casa a reportagem do Portal da Cidade SRS para um papo sobre seu sonho.


Ao lado de seu pai Marcos, empresário do ramo de eletroeletrônica, Arthur falou sobre o que o inspira.

Portal da Cidade SRS – Agradecemos sua interação com o Portal da Cidade SRS e chamou atenção pela forma bem estruturada com que você envia sugestões de pautas. Surpresa em saber que por traz de sugestões bem elaboradas está um garotinho de 12 anos.

Arthur Moreira

Acredite em você

Nunca desista do que você quer ser e do que você quer que aconteça. Que um dia provavelmente vai acontecer."

Arthur Moreira

PC – Quem é o Arthur?

Arthur – Sou Arthur Moreira Rosa, 12 anos, estudante do IPE, filho de Marcos Tadeu Rosa e Camila Moreira Zambello. A matéria que mais gosto na escola é o Português e tenho o sonho de ser jornalista.

PC  O que é que te inspira?

Arthur – Além de ser inspirado na profissão de meu primo o jornalista Marcelo Marçal, eu sempre assisti muitos jornais, televisão e também agora com a internet eu posso pesquisar as notícias, eu gosto muito de jornal, de tv, acompanho jornalistas nas redes sociais é isso, eu sonho um dia ser igual a eles. Ser jornalista.

PC – Além de seu primo, qual outro jornalista que seja a referência para você?

Arthur – Um só não tenho, mas alguns. O Bonner, do Jornal Nacional, tem também o Carlos Nascimento, do SBT, o Cid Moreira.

PC – Você nem era nascido e o Cid Moreira já havia deixado de ser âncora.

Arthur – Sim, eu vi na internet. A era da internet me auxilia e permite assistir coisas que foram exibidas há muito tempo atrás.

PC – Nessa sua experiência com assistir jornal, que tipo de notícia você mais gosta.

Arthur – Política!

PC – E o que você acha da nossa situação hoje?

Arthur – É uma situação que pode melhorar. O Brasil está tendendo a melhorar, porém algumas coisas que vêm acontecendo como a economia que está um pouco ruim, mas se Deus quiser vai melhorar.

PC – Se você tivesse a oportunidade de falar com o presidente ou o vice-presidente, o que você falaria?

Arthur – Iria fazer algumas perguntas sobre a economia, a reforma como a da previdência, perguntar também sobre uns planos, indagar eles sobre a cidades menores que eles nunca visitam e os problemas que essas cidades têm.

PC – Como jornalista, que tipo de jornal você quer fazer?

Arthur – Iria por etapas! Normalmente começa nos jornais de rádio, mas meu sonho mesmo é um dia chegar à televisão. E aí apresentar um telejornal para mim seria sonho realizado.

PC – E sua família, o que acha dessa sua ideia?

Arthur – Eles me apoiam a alcançar esse sonho um dia

PC – Qual notícia que você gostaria de dar?

Arthur – Uma notícia que gostaria de dar... Que a economia do Brasil voltou a crescer!

PC – E com seus amigos na escola, vocês já fizeram um jornal na escola ou coisa assim?

Arthur – Não! Vontade é o que não falta, mas oportunidade é que não apareceu.

PC – Que tipo de oportunidade é essa que você está esperando aparecer?

Arthur – A escola dar alguma oportunidade para um jornal que tem normalmente em escolas, em que os alunos participam.

PC – Em sua sala, na escola, você vê que tem mais crianças que gostariam de seguir nessa profissão?

Arthur – Não!

PC – E o que você acha disso?

Eu acho bom, pois a maioria dos jornalistas que eu vejo na internet queria assim como eu quero, desde de criança, também seguir na profissão.

PC – De uma forma geral, o que me diz do jornalismo de hoje?

Arthur – Hoje depende também dos programas mais sensacionalistas, um pouco ruim até, mas o jornalismo eu acho que está muito tendencioso, alguns jornais... não vou dizer todos, pois tem alguns que são bons, mas tem uns, principalmente no horário nobre que estão seguindo pela tendência do que aquele grupo quer, o que aquele grupo apoia aquele jornal também tem que apoiar, ele está sendo tendencioso, não está mostrando a verdade de forma correta, está mostrando o que aquele grupo quer que seja mostrado.

PC – Arthur, na notícia, de uma forma geral, você tem que responder algumas perguntas para você ter uma notícia completa. Você faz ideia de como é que é isso?

Arthur – Sim, sei que a notícia tem que ser bem apurada, bem checada, apurar com as fontes e depois produzir de uma forma que dê para a pessoa ler, também lógico, como você disse responder algumas perguntas. Explicar de uma forma que o leitor consiga entender aquela notícia e tudo o que está por trás, o que está acontecendo, o que está no noticiário.

PC – Uma mensagem para o seus leitores

Arthur – Nunca desista do que você quer ser e do que você quer que aconteça. Que um dia provavelmente vai acontecer.

Arthur entrevistando seu pai


Fonte:

Deixe seu comentário

Mais Lidas