Portal da Cidade Santa Rita do Sapucaí

Coluna

Atuação,carreira e mais: Bate-Papo com Arthur é com Rodrigo Veronese

Rodrigo é ator e apresentador do 80 por Segundo

Postado em 12/10/2021 às 14:18 |

(Foto: Acervo Pessoal)

Hoje, na coluna Bate-Papo com Arthur, vamos entrevistar o ator Rodrigo Veronese, que está no ar na novela Paraíso Tropical, no Viva, onde interpretou o Lucas

Arthur: Quando decidiu ser ator?
Rodrigo: Ser ator foi uma coisa que foi decorrência do meu trabalho como modelo. Eu comecei como modelo, não pensava em ser ator, mas como eu fazia muita propaganda de televisão eu fui pegando os macetes de câmera, luz, de áudio e de falar para a câmera e foi se construindo ali uma carreira como ator. Na hora que eu percebi eu já estava sendo chamado para fazer oficina de atores da Rede Globo e na sequência fui pra TV Record. Então, ser ator surgiu naturalmente na minha vida.

Arthur: Como foi fazer Pequena Travessa?
Rodrigo: Pequena Travessa foi uma novela deliciosa de fazer, porém muito trabalhosa. A gente gravava muito porque era uma novela de seis meses no ar que a gente gravou em três, quatros meses, então foi uma das novelas que eu mais trabalhei. A gente fazia uma média de quarenta, cinquenta cenas por dia, mas a resposta do público foi muito interessante. Pequena Travessa é um dos maiores ibopes do SBT e o elenco era maravilhoso.

Arthur: Atualmente você está no ar em Paraíso Tropical, no Viva. Como você avalia esse trabalho?
Rodrigo: Foi o grande divisor de águas na minha carreira. Eu tinha feitos muitas novelas na Record, tinha feito Pequena Travessa no SBT e em Paraíso Tropical eu fui trabalhar com Gilberto Braga, Denis Carvalho, Tony Ramos, Fabio Assunção, Renée de Vielmond, então ali eu entrei em um produto realmente no horário nobre da TV Globo. Realmente foi um divisor de águas na minha carreira.

Arthur: Prefere cinema, teatro ou televisão?
Rodrigo: Eu gosto muito de cinema e gosto muito de televisão. Teatro ficaria em terceiro lugar, mas eu prefiro o cinema.


Arthur: Como é fazer o 80 por Segundo?
Rodrigo: O Oitenta por segundo é um programa que surgiu na pandemia, é uma ideia minha, eu faço roteiro, apresento junto com o Rafael Dutra. Eu sempre fui muito ligado aos anos oitenta, eu acho que os anos oitenta foram  um divisor de águas cultural no Brasil e no mundo e muita coisa boa aconteceu nessa época  na música, no cinema, no teatro, nos shows. Enfim, todo o cenário cultural e eu resolvi fazer um documentário cultural que retrata a década de oitenta, não é um programa nostálgico, é um programa para lembrar  como foi a cultura nos anos oitenta no Brasil e no mundo.

Arthur: Como você avalia a dramaturgia atualmente?
Rodrigo: Eu acho que dramaturgia hoje empobreceu, eu acho que tem muitos atores parados, bons, grandes atores que fizeram grandes trabalhos. Eu acho que tem uma insistência em sempre trabalhar com os mesmos atores nas novelas e eu estou falando isso do lado como ator, eu acho que empobreceu essa coisa do rodízio dos atores, mas   da matéria  de produção, de  equipamento técnico, tudo evoluiu demais. Hoje a novela é  um produto muito diferente do que era vinte anos atrás por exemplo.

Arthur: Suas considerações finais.
Rodrigo: Bom, eu quero te agradecer a esse espaço  quero dizer que eu estou  no Oitenta por segundo, peço para a galera assistir. Apresento eventos também, se quiserem minha presença aí na tua terra, pode chamar que eu vou. Apresentar evento  é coisa que eu gosto  e vamos ver esperando novos convites aí para dramaturgia ou para apresentar algum programa na televisão.

 Arthur Moreira, 13 anos, oitavo ano da E. E. Dr. Luiz Pinto de Almeida e repórter mirim

Quero ser jornalista

adoro me comunicar e trazer conteúdo para as pessoas."

Arthur Moreira, 13 anos, oitavo ano da E. E. Dr. Luiz Pinto de Almeida e repórter mirim


Fonte:

Receba as notícias de Santa Rita do Sapucaí no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias